Mentes Criativas

Já ouviu falar em Justiça Criativa?

Juiz estadunidense é pródigo em sentenças inusitadas

Michael Cicconetti é um juiz de Ohio, Estados Unidos, que desenvolve uma prática que ele chama de Justiça Criativa. É comum ele deixar que o próprio réu escolha como pagar pelo seu crime: ir para a prisão ou sofrer uma das punições exóticas do juíz doidão. Em geral, elas são aplicadas colocando o réu em uma posição semelhante à de sua vítima no momento do crime. É praticamente bíblico.

Dá uma olhada em algumas das sentenças criativas do Juiz Cicconetti:

Juiz estadunidense Michael Cicconetti

Uma mulher que deixou seu cão de sete anos em uma casa suja e sem comida. Pena: catar lixo na lixeira.
Michelle Murray foi o caso que o tornou realmente famoso. Em 2005, uma mulher abandonou 35 gatinhos em uma floresta gelada e coberta de neve. O juiz Cicconetti ofereceu duas opções:cumprir uma curta sentença de prisão ou passar uma noite na floresta escura. Sozinha.
O homem que atirou em um cachorro foi obrigado a doar 9 quilos de comida a cada feriado para o abrigo de animais da região.
Um homem que foi pego com uma arma sem licença e teve de passar uma temporada no necrotério examinando os cadáveres
Cicconetti puniu um grupo de estudantes do ensino médio que vandalizou ônibus escolares, fazendo-os organizar um piquenique para um grupo de estudantes do ensino fundamental cujo passeio foi cancelado por causa do ônibus quebrado.
Dois adolescentes que escreveram “666” em uma figura de Jesus foram sentenciados pelo juiz Cicconetti a conduzir um burro pelas ruas com uma placa que dizia: “Desculpe pela ofensa idiota”
Victoria Bascom deliberadamente não pagou o táxi que havia usado. Cicconetti decidiu que, em vez de ficar presa por 60 dias, Bascom poderia andar 50 quilômetros em 48 horas – a duração da corrida que ela não quis pagar.
Um homem pego combinando programa com uma prostituta foi condenado por Cicconetti aficar na esquina de uma rua vestindo uma fantasia de frango.
Ele fez um homem que gritou obscenidades à polícia, chamando-os de “porcos”, ficar no centro da cidade por duas horas ao lado de porcos de verdade.
Uma mulher que roubou uma igreja foi condenada a soletrar as palavras “Eu roubei moedas desta igreja”.
Diamond T. Gaston se declarou culpado de agressão por usar spray de pimenta em sua vítima. O jovem de 20 anos poderia passar 30 dias na prisão ou permitir que sua vítima usasse o spray de pimenta nele.

     

    Via
    Onetti
    Tags
    Mostre Mais

    Coord. Pedagógica

    Equipe multidisciplinar composta por filósofos, psicólogos, sociólogos, antropólogos, semiólogos, zoólogos, paleontólogos, teólogos, epistemólogos, tarólogos, bacteriólogos, monólogos, ufólogos, podólogos e egiptólogos, responsáveis por definir os caminhos pedagógicos da Escola Nômade para Mentes Criativas,

    Artigos Relacionados

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Botão Voltar ao topo
    Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
    Fechar
    Fechar

    Bloqueador de Anúncios Detectado

    Considere dar uma força pra gente desabilitando seu bloqueador de anúncios