Lendas do Mundo Criativo

O dia em que Jimi Hendrix colocou os Beatles nas cordas

Em show, tocou Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band apenas 3 dias após seu lançamento

Numa quinta-feira qualquer de 1967, foi lançado o disco que pode ser chamado de tudo, menos de “qualquer”: Sargent Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles. Uma revolução. Hoje pode parecer só um disco legal, mas quem testemunhou o lançamento se lembra deste dia como uma espécie de epidemia que fez com que as pessoas ficassem com a boca aberta e os olhos brilhando enquanto o disco rodava em suas vitrolas.

Mas não foram só os simples mortais que se extasiaram com a bolacha. Uma história saborosa enriqueceu ainda mais a mitologia em torno do álbum histórico. Tantos gênios criativos numa mesma história, só podia dar nisso.

Três dias depois do lançamento, domingo, uma força da natureza chamada Jimi Hendrix abriu seu show no Saville Theatre com um cover da música que deu nome ao álbum beatle. Repito caso você não tenha prestado atenção: três dias depois do lançamento. Tem mais: no público, um Paul McCartney e um George Harrison surpresos com a apresentação. Há controvérsias, porém, se eram apenas os dois ou a banda inteira estava presente. Mas não importa. A história permanece deliciosa.

Foi um tributo relaxado e bem-humorado. Paul frequentemente se lembra daquela noite. Existem dúvidas se Hendrix de fato sabia que os Beatles estavam na plateia naquela noite. Muita gente séria diz que não. No filme lançado em 2013 sobre a vida de Jimi (interpretado por André Benjamin, ou Andre 3000) ele sabia. Por isso decidiu abrir o show com a música, sem ensaiar, apesar das objeções de seu empresário, Noel Redding, que pensava que os Beatles pudessem se ofender.

Ele havia ganhado o disco do próprio Paul três horas antes. Aprendeu rapidamente e ainda ensinou os caras da banda minutos antes do show. É improvável que as coisas aconteceram exatamente desta maneira, sabe como são os filmes. Eles precisam dramatizar tudo, senão fica tudo muito sem graça. Mas se 10% disso for verdade, já vale espalhar a história por aí.

“Seria um de seus primeiros shows em Londres. Jimi era um cara doce, muito legal. Me lembro de ele abrir no Saville em uma noite de domingo, 4 de junho de 1967. Jimi apareceu, as cortinas se abriram e ele veio caminhando para a frente, tocando ‘Sgt. Pepper ‘, que só tinha sido lançado na quinta-feira, então aquilo era como o máximo em termos de elogio. Ainda é uma lembrança brilhante para mim, obviamente, porque eu sempre o admirei, e ele estava se saindo muito bem. E pensar que esse álbum significou tanto para ele a ponto de tocá-lo no domingo à noite, três dias após o lançamento. Ele deve ter mergulhado fundo, porque normalmente você precisa de um dia para ensaiar, e então você se perguntar se vale a pena apresentá-lo, e ele simplesmente abriu o show com ele. É um grande elogio no livro de qualquer um. Considero esse evento como uma das grandes honras da minha carreira.”Paul McCartney

O vídeo que abre este artigo não é o da apresentação a qual a história se refere. Aconteceu alguns meses depois em outro teatro, mas dá uma boa amostra do que aconteceu naquela noite histórica.
Tags
Mostre Mais

Coord. Pedagógica

Equipe multidisciplinar composta por filósofos, psicólogos, sociólogos, antropólogos, semiólogos, zoólogos, paleontólogos, teólogos, epistemólogos, tarólogos, bacteriólogos, monólogos, ufólogos, podólogos e egiptólogos, responsáveis por definir os caminhos pedagógicos da Escola Nômade para Mentes Criativas,

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Fechar
Fechar

Bloqueador de Anúncios Detectado

Considere dar uma força pra gente desabilitando seu bloqueador de anúncios