Lendas do Mundo CriativoO que podemos aprender

A incrível história do herói que não era para ser verde

Aparentemente a escolha da cor do Incrível Hulk surgiu de um problema de impressão



Hulk, o super-herói da Marvel Comics criado pelo escritor Stan Lee e pelo artista Jack Kirby, apareceu pela primeira vez na edição de estreia de O Incrível Hulk em maio de 1962.

Primeira edição do Incrível Hulk

Durante o processo de criação, Stan Lee decidiu que o icônico personagem deveria ser cinza para que não sugerisse nenhum grupo étnico em particular. Porém, a vida dos publishers não era fácil naquela época no que diz respeito à impressão. Mesmo hoje, você já deve ter tentado imprimir alguma coisa que originalmente deveria ser cinza, mas ao sair da impressora ela apresentou tons azulados, avermelhados e esverdeados. Isso porque a cor cinza nem sempre é a mistura apenas do preto com branco.

O colorista da Marvel, Stan Goldberg, justamente teve problemas com a cor cinza do Hulk. Quando a primeira edição foi impressa, os exemplares apresentaram diferentes tons de cinza, inclusive verdes.

Depois de ver a primeira edição publicada, Stan Lee acabou gostando do verde e resolveu mudar a cor da pele do Incrível Hulk. A história não é confirmada, mas vale a pena espalhar.

Hoje o Hulk também tem a sua versão cinza, como se fosse outra personalidade dentro do problemático Bruce Banner. Aparentemente é mais inteligente que o verde, sendo manipulador e até capaz de dirigir um carro.

O que você pode aprender

  • Muitas vezes o aleatório funciona como uma excelente referência para o processo criativo. A coloração verde do Hulk num primeiro momento, foi resultado de um problema de impressão. Mas se este problema não tivesse acontecido, o Hulk seria cinza e talvez não tivesse se transformado neste símbolo pop. Quem sabe?
  • Precisamos sempre estar atentos aos sinais que se nos apresentam e sermos flexíveis com nossas ideias. Precisamos manter nossa mente aberta. Stan Lee, de forma inteligente, não encarou a mudança de cor apenas como um problema e enxergou uma possibilidade que aparentemente acrescentou muito ao caráter do personagem. Sem contar que a cor verde aparentemente combina mais com alguém que foi exposto à radiação.
  • Às vezes precisamos escolher entre várias opções não apenas por um critério simples e óbvios. A cor cinza deixa o Hulk mais interessante e com jeito de que é mais poderoso. Mas o verde tem mais personalidade. Desde o seu lançamento, quando vemos algum personagem verde qualquer, imediatamente o associamos ao Hulk. Se fosse cinza provavelmente isso não aconteceria.
.

Mostre Mais

Henrique Szklo

Henrique exerceu durante 18 anos a profissão de publicitário na área de criação, como redator e Diretor de Criação, mas hoje já está curado. É Filósofo da Criatividade, professor, palestrante e palpiteiro digital. Desenvolveu sua própria teoria – NeuroCriatividade Subversiva – e seu próprio método – Dezpertamento Criativo. É colaborador no site Proxxima (M&M), no Blog Café Brasil e coordenador do curso de criatividade da Escola Panamericana de Arte. Tem 8 livros publicados (humor e criatividade) e é palmeirense.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Fechar
Fechar

Bloqueador de Anúncios Detectado

Considere dar uma força pra gente desabilitando seu bloqueador de anúncios