Ensinamentos de São Magaiver

As ideias não precisam de atestado de antecedentes

Você não precisa saber de onde veio a ideia que teve. Aliás, é melhor nem saber mesmo

“De onde você tirou esta ideia?”. Ouço muito esta pergunta e muito provavelmente você já tenha ouvido também. O fato é que não precisamos saber de onde as ideias vêm, por que ela apareceu em sua cabeça naquele momento específico, qual o seu propósito etc., etc., etc.

Essa é uma obsessão do ser humano que não ajuda em nada no desenvolvimento de novas ideias. Eu já disse em outras postagens que nosso cérebro. Ele precisa, desesperadamente, saber. O não-saber é o mesmo que estar “errado”. E estar “errado” nos provoca um grande desconforto. E quanto maior a relevância do tema, maior o desconforto.

Imagine que você é um expert em um assunto qualquer e alguém lhe faz uma pergunta relativa a este tal assunto e você não sabe a resposta. O sentimento é péssimo

Para os animais irracionais, as coisas são o que são e não há nenhum tipo de dilema ou dúvida a ser sanada. Quando deixamos de ser macacos, resultado direto do surgimento da Razão em nossos cérebros, deixamos de nos conformar com as coisas à nossa volta. Começamos a querer saber o porquê da vida, qual a função, qual o motivo, qual razão, de onde viemos, para onde vamos, se existe vida após a morte.

Cena do filme “2001, uma Odisseia no Espaço”

Por isso, num primeiro momento, criamos divindades para justificar nossa ignorância com relação aos fenômenos da natureza: o sol, a lua, a chuva, o fogo, a terra, a fecundação etc.

O homem quer saber. Sem isso, ele não tem conforto, não tem paz. Por isso, quando temos uma ideia verdadeiramente original nos vemos tentados a perscrutar em nossa mente qual foi a razão que nos fez chegar a ela para que possamos justificá-la racionalmente e conseguir, assim, a ilusória segurança de estarmos “certos”.

Meu conselho

Mas não se preocupe com a origem das ideias. Aliás, preste atenção no seguinte: se você souber de onde uma ideia veio, provavelmente ela não é nova. Você apenas está reproduzindo algo que já faz parte de seus padrões.

Já se você não fizer a menor ideia de onde ela veio, a chance de ser uma ideia nova é muito grande. Não é garantido porque nada é. Mas se você quer produzir novas ideias, essa é sua chance.

Tags
Mostre Mais

São Magaiver

Santo protetor da Criatividade e da capacidade de nos adaptarmos à novas situações de maneiras inusitadas. Ele é o mestre das soluções de problemas, um verdadeiro modelo de comportamento no que diz respeito à utilização do que se tem a mão para resolver problemas dos mais diferentes tipos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − cinco =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Fechar

Bloqueador de Anúncios Detectado

Considere dar uma força pra gente desabilitando seu bloqueador de anúncios