Almanaque CriativoMentes Criativas

Quando Paul McCartney recebeu Jesus em sua própria casa

Em 1967, os Beatles estavam gravando a música "Fixing a Hole" do lendário álbum Sgt. Pepper's, quando um barbudo bateu a porta da casa do Paul

Fala-se muito do encontro dos Beatles com o guru Maharishi, mas nem todo mundo sabe que os 4 fabulosos também tiveram seu momento de conexão com Jesus Cristo. E não foi quando John disse que era sua encarnação durante uma viagem de ácido. Foi com outro Jesus.

Em 9 de fevereiro de 1967, os Beatles estavam gravando a música “Fixing a Hole” do lendário álbum Sgt. Pepper’s, quando um barbudo bateu a porta da casa do Paul. Como naquela época não eram necessários sistemas de segurança, o próprio Paul costumava atender. Se fosse algum chato, ele dispensava rapidamente. Desta vez, Paul chegou à porta e disse: “Sim? Olá”. E o cara respondeu: “Eu sou Jesus Cristo”. Inicialmente, o beatle ficou um pouco chocado, mas acabou dizendo: “Bem, então é melhor você entrar.” Na ocasião, Paul não achou que isso era uma loucura. Ele pensou: “Provavelmente ele não é o Homem, mas, nunca se sabe. Se ele for, não vou ser eu que vou mandar Jesus embora.” Ofereceu uma xícara de chá e conversaram por alguns minutos.

Mas a história do encontro de Paul com Jesus continuou. McCartney disse: “Eu tenho que ir a uma sessão de gravação. Você quer vir comigo?”. E lá se foram Jesus e São Paulo em sua peregrinação rumo a Abbey Road. Chegando lá, ele o apresentou ao resto da banda e eles perguntaram: “Quem é esse?” E Paul respondeu: “Ele diz que é Jesus Cristo. Eu não sei se ele é ou não, mas não quero correr nenhum risco.” Então Paul disse ao filho de Deus: “Sente aqui no canto e não diga uma palavra. Apenas seja Jesus.” Tempos depois, Paul confessou: ” Foi a última vez que vimos de Jesus!”

Mostre Mais

Coord. Pedagógica

Equipe multidisciplinar composta por filósofos, psicólogos, sociólogos, antropólogos, semiólogos, zoólogos, paleontólogos, teólogos, epistemólogos, tarólogos, bacteriólogos, monólogos, ufólogos, podólogos e egiptólogos, responsáveis por definir os caminhos pedagógicos da Escola Nômade para Mentes Criativas,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo