Almanaque Criativo

Laboratório cria vacina que aumenta criatividade

Mas não se anime. Você não vai ter dinheiro para comprar.

John Doe que, após começar a tomar a vacina Duka-7, deixou de ser um desocupado e virou consultor de inovação de grande empresas internacionais no espaço de uma semana

O laboratório suíço Profit & Profit lança uma nova e revolucionária droga no mercado que promete mudar o mundo: a Duka-7 é uma vacina que possui componentes que alteram o funcionamento do lobo central, do lobo lateral e do lobo mau, estimulando os neurônios e acelerando as sinapses. Estudos realizados com 3.000 pacientes meio lesos revelou que o uso contínuo de Duka-7 fez com que 105% deles elevassem seu desempenho criativo em grande medida.

O problema é que ao interromper o tratamento de Duka-7 o paciente regride tanto que se transforma em uma besta quadrada, pior do que era antes, se é que isso é possível.

A OMS, Organização Mundial de Saúde, demonstrou preocupação com a nova droga já que, segundo nota enviada à imprensa, o mundo precisa de gente que não crie nada e que apenas aceite bovinamente o que lhes é ordenado pelas pessoas mais capacitadas. Se todo mundo ficar muito criativo, termina a nota, o caos será instalado e a humanidade poderá se extinguir. É melhor deixar tudo com está. Em time que está ganhando não se mexe.

Representantes do laboratório garantiram que este temor não tem procedência, já que uma injeção de Duka-7 irá custar 100 dólares a dose e o uso sugerido é de uma injeção por dia. Ou seja, para variar, só quem tem dinheiro terá acesso à droga, garantindo assim que só as pessoas capacitadas poderão usufruir de suas vantagens. O time vai continuar ganhando, sem nenhuma mudança.

A boa notícia é que Duka-7 não apresentou até agora nenhuma contra-indicação importante. Os sintomas mais recorrentes foram a necessidade de colocar os pés em cima da mesa enquanto pensa, vestir roupas extravagantes, olhar para os outros com ar de superioridade e ficar se achando sem justificativa.

 

Tags
Mostre Mais

Istive Bénom

Jornalista formado na Universidade Analytics, em Cambridge, com especialização em Fake News, notabilizou-se em criar suas próprias notícias, todas excelentes. É extremamente criativo, com talento especial para enganar idiotas que acreditam em qualquer coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios