IdeaListasItáliaMentes Criativas

8½ coisas que provavelmente você não sabia sobre Fellini

A doce vida de uma mente criativa

Federico Fellini nasceu em 20 de janeiro de 1920, em Rimini, um porto e resort adriático no norte e centro da Itália. Teve uma educação provincial, religiosa e de classe média. Seu pai, Urbano, era um vendedor próspero de café cujas frequentes viagens deixaram sua esposa, Ida, como responsável pela educação de Federico, seu irmão Riccardo e sua irmã Maddalena.

O Maestro, como era chamado, venceu a Palma de Ouro com La Doce Vita, foi indicado ao Oscar por 12 vezes e recebeu 4 estatuetas de Melhor Filme Estrangeiro. Em 1993 recebeu o Oscar Honorário pelo conjunto da obra.

Faleceu em 31 de outubro de de 1993, aos 73 anos, em Roma.

Seus filmes mais conhecidos são Os boas-vidas, 8½, La Doce Vita, A estrada da vida, A trapaça, Noites de Cabiria, Julieta dos espíritos, Satyricon, Amarcord, Casanova de Fellini, Ensaio de Orquestra e Cidade das mulheres.

Veja agora as 8½ curiosidades sobre o trabalho e a vida desta extraordinária mente criativa:

1) Fugiu de casa com 7 ou 8 anos para se juntar a um circo.

2) Estudou em escola religiosas onde fazia caricaturas dos frades, que constantemente o puniam por quebrar as regras.

“Quando eu começo um filme, sempre tenho um script, mas mudo todos os dias. Coloco o que me ocorre naquele dia, na minha imaginação. Você começa em uma viagem; Você sabe onde vai acabar, mas não o que vai acontecer ao longo do caminho. Você quer se surpreender”. Federico Fellini

3) Aos 19 anos, ele se juntou a uma trupe de vaudeville, viajando pela Itália e trabalhando principalmente como redator de gags e serviços gerais. Uma vez disse que “foi talvez o ano mais importante da minha vida”.

4) Matriculou-se na Universidade de Direito de Roma, mas não assistia as aulas. Usava a condição de estudante para fugir do alistamento militar.

5) Aos 17 ou 18 anos deixou sua casa e foi para Firenze onde trabalhou como revisor e cartunista.

6) Nas filmagens não se importava com o idioma que os artistas usavam já que dublava a maioria dos diálogos, muitas vezes usando outros atores. Acreditava que as vozes da maioria das pessoas não combinavam com sua aparência.

7) Era um grande fã de Stan Lee e da Marvel Comics e quadrinhos em geral. Aliás, um de seus primeiros trabalhos como redator foi a versão italiana para o quadrinho de Flash Gordon.

8) Era um perfeccionista que repetidamente refilmava cenas em um processo que normalmente demorava dois anos.

8½) A palavra paparazzo foi incorporada ao vocabulário do mundo ocidental graças ao filme “La doce vita”. O termo vem do personagem fotógrafo amigo de Marcello Rubini, que se chama Paparazzo. Fellini disse ter pego o nome de…

 

Fonte
NY Times
Tags
Mostre Mais

Coordenadoria Pedagógica

Equipe multidisciplinar composta por filósofos, psicólogos, sociólogos, antropólogos, semiólogos, zoólogos, paleontólogos, teólogos, epistemólogos, tarólogos, bacteriólogos, monólogos, ufólogos, podólogos e egiptólogos, responsáveis por definir os caminhos pedagógicos da Escola Nômade para Mentes Criativas,

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − quatro =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Fechar

Bloqueador de Anúncios Detectado

Considere dar uma força pra gente desabilitando seu bloqueador de anúncios