Ciência da CriatividadeItália

Se você comer direitinho pode virar um Leonardo da Vinci

Mentira! Mas dá uma olhada neste estudo sobre a influência da comida na criatividade

Não consigo pensar num nome melhor para uma orgia gastronômica

Quando penso em Itália, eu imediatamente penso em 3 coisas: comida, comida e comida. A cozinha italiana é com justiça considerada uma das melhores do mundo.

Então era meio óbvio que em uma viagem para a Itália eu aproveitasse todas as oportunidades para saborear um bom prato. Mas, ao mesmo tempo, não poderia esquecer o propósito principal desta jornada que é buscar referências relevantes sobre criatividade.

Fiz uma pesquisa e encontrei um estudo feito por três cientistas holandeses que tentaram provar a relação da comida com o aumento da criatividade.Não sei se conseguiram, mas o tema é uma delícia.


Comida para Criatividade.
Tirosina promove pensamento profundo

“As evidências anedóticas sugerem que as pessoas criativas às vezes usam alimentos para superar bloqueios mentais e falta de inspiração, mas o suporte empírico para essa possibilidade ainda não existe. Neste estudo, investigamos se a criatividade em tarefas de pensamento convergente e divergente é promovida pelo suplemento alimentar L-Tirosina (TYR) – um precursor bioquímico da dopamina, que é assumido para impulsionar o controle cognitivo e a criatividade.”

Os cientistas holandeses Lorenza S. Colzato, Annelies de Haan e Bernhard Hommel, autores deste estudo, acreditam que a L-Tirosina pode facilitar as operações criativas. Por isso, os alimentos que comemos podem afetar a maneira como pensamos.

Steve Jobs, indiscutivelmente uma das mentes mais criativas do nosso tempo, muitas vezes se referia à sua dieta (que era baseada em maçãs e cenouras cruas) como o fundamento de seu sucesso. Sendo que esses alimentos são elevados no aminoácido tirosina, isso faz muito sentido.

Com a falta de uma definição de criatividade amplamente aceita, eles não tentaram abordar a criatividade como um todo, mas focado no que Guilford (1967) considerou os principais componentes do desempenho criativo: os conceitos de pensamentos divergentes e convergentes que são processos transparentes e, portanto, mais fáceis de investigar. Mais concretamente, investigaram o vínculo entre a suplementação de L-Tirosina e sua eventual influência

O que é tirosina

Entre todos os aminoácidos que atuam sobre o cérebro, a tirosina é a substância que mais influencia no seu funcionamento e no rendimento intelectual. Os estudos clínicos demonstraram que a L-tirosina ajuda à concentração, mesmo nas condições mais extremas, conseguindo que o corpo se mantenha desperto e alerta.

no pensamento convergente e no divergente em adultos saudáveis por meio de uma dose oral de L-Tirosina ou a de um placebo.

O pensamento divergente representa um estilo de pensamento que permite que muitas idéias novas sejam geradas, em um contexto onde mais de uma solução é correta – como numa sessão de brainstorming.

É mais gostoso comer um espaguete se você o inalar como um aspirador. Sofia Loren

O pensamento convergente, por sua vez, é considerado um processo de geração de uma solução possível para um problema particular. Enfatiza a velocidade e depende de alta precisão e lógica.

As alterações potenciais na fisiologia devido à suplementação de L-Tirosina foram medidas pela observação da frequência cardíaca e da pressão sanguínea.

Os resultados do estudo apontaram que aparentemente a enzima colaborou em elevar o controle cognitivo em geral e a criatividade em particular.

Conclusão:
Mamãe tinha razão.

 

Fonte
Springer-Verlag Berlin Heidelberg
Mostre Mais

Henrique Szklo

Henrique exerceu durante 18 anos a profissão de publicitário na área de criação, como redator e Diretor de Criação, mas hoje já está curado. É Filósofo da Criatividade, professor, palestrante e palpiteiro digital. Desenvolveu sua própria teoria – NeuroCriatividade Subversiva – e seu próprio método – Dezpertamento Criativo. É colaborador no site Proxxima (M&M), no Blog Café Brasil e coordenador do curso de criatividade da Escola Panamericana de Arte. Tem 8 livros publicados (humor e criatividade) e é palmeirense.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 11 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Fechar

Bloqueador de Anúncios Detectado

Considere dar uma força pra gente desabilitando seu bloqueador de anúncios