Mural

Casa Vogue entrevista Henrique Szklo

Na edição de novembro de 2020, a revista Casa Vogue escolheu "criatividade" como tema. E Henrique Szklo foi convidado a dar uma entrevista

Workshop gratuito "Os 28 Algoritmos das Mentes Criativas"

No começo de outubro, recebemos uma mensagem pelo instagram da Marianne Wensel, redatora-chefe da revista Casa Vogue, pedindo uma entrevista com o Henrique sobre criatividade. É claro que a gente aceitou. Se uma das mais importantes revistas do país quer entrevistar você, a resposta só pode ser sim.

Alguns dias depois, a entrevista foi realizada por videoconferência e durou mais de uma hora. A Marianne foi muito simpática e o papo rolou de forma agradável e suave. O tempo passou e a gente nem percebeu.

Um mês depois, sai a revista e a entrevista do Henrique ganha um destaque. Olha só o que o diretor de conteúdo da revista, o Guilherme Amorozo, escreveu no editorial:

Criatividade é um daqueles temas tão universais e essenciais a tudo o que cobrimos na Casa Vogue – arquitetura, design e arte, para ficar só em três áreas e, ao mesmo tempo, tão genérico e abstrato, que dedicar uma edição inteira a ele parecia-me, a princípio, uma temeridade. Como fugir do óbvio e trazer insight relevantes dentro de um âmbito já tão explorado por nós? As diversas respostas vieram com as pautas sugeridas por uma equipe incansável, manancial de ideias iluminadas.

A mais surpreendente, que definiu o norte deste número ao abordar a criatividade como ferramenta de adaptação biológica do ser humano – e, portanto, vital para nossa sobrevivência –, é a entrevista como professor e consultor Henrique Szklo (pág. 48), trazida ao papel pelo trio Marianne Wenzel, Thalita Munekata e Deco Cury. “Qual a origem da necessidade de criar?”, questiona Szklo. “A obrigação de nos adaptarmos a novas realidades. Freud já dizia que as pessoas só mudam quando o desconforto é maior do que o medo da mudança.” 

É isso. A gente fica muito feliz quando nosso trabalho é reconhecido.

close

Cadastre-se na nossa Newsletter

Política de Privacidade

Mostre Mais

Lena Feil

Gaúcha de nascimento e cidadã do mundo por opção, é formada em Desenho Industrial e Psicologia, é feminista e pensadora em período integral. Usa o cérebro para entender o cérebro. Estudiosa do comportamento e da criatividade, entusiasta da vida, viciada em novidades, em filosofia, no ser humano e em coisa mundanas também. É absolutamente fascinada por crianças, adora café, ama viajar, é geralmente divertida, e – às vezes – esnobe. Hoje, atua com Coolhunter da Escola Nômade para Mentes Criativas, sempre em busca do que existe de mais subversivo, inteligente e relevante em todas as partes do mundo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios