Podcast | Rádio Cachola

André Castilho, um autêntico filho de la madre

Sócio da produtora La Casa de La Madre, este jovem talento já tem um currículo de dar inveja a muito veterano

André Castilho é um cineasta, publicitário, empreendedor, palestrante e apresentador de talk show. É cofundador e CEO da La Casa de la Madre, uma produtora independente de filmes reconhecida internacionalmente por criar campanhas de branded content e storytelling.

Nessa nossa conversa que passou super rápido, falamos um pouco de tudo: a força da grana, storytelling, narrativa, processo criativo, a procrastinação proposital, a importância de anotar ideias, adolescência tardia e muito mais.

Storytelling do André

Castilho iniciou sua carreira aos 15 anos de idade, como webdesigner. Formado em publicidade e propaganda pela Faculdade Cásper Líbero, atuou no departamento de criação de agências como AgênciaClick Isobar, EuroRSCG, WMcCann, VML, Havas e Young & Rubicam, onde foi redator. Aos 27 anos, ao lado de seu dupla criativo, Jorge Brivilati, fundou a produtora de filmes La Casa de la Madre, uma das pioneiras do Brasil a se especializar em storytelling para marcas, importando o modelo de duplas criativas advindo das agências de publicidade e incorporando linguagem narrativa cinematográfica a comerciais de formatos tradicionais e obras de branded content.

Em 2015, criou o filme “Meeting Murilo”, produzido para a Huggies, que foi destaque na imprensa internacional, recebendo atenção de veículos como CBS, People, Time Magazine e Huffington Post, além de ter sido premiado em Cannes com 3 leões e 4 shortlists, incluindo a categoria Branded Content. Em 2016, escreveu e produziu para a LATAM Airlines Brasil o filme “Reencontro”, premiado com ouro na categoria “Shorts” do festival Ciclope. Em 2017, o filme foi selecionado para um dos mais respeitados festivais de cinema de Hollywood, o LA Shorts International Film Festival, sendo este o único dos finalistas concebido para uma marca. No mesmo ano, teve o filme “Movido a Respeito”, produzido em parceria com a TV Globo, consagrado com o Grand Clio Entertainment, sendo a primeira campanha da América Latina a conquistar tal premiação.

Em 2016, André Castilho e Jorge Brivilati inauguraram o selo independente de documentários La Madre Docs. O filme de estreia, “Huni Kuin – Os Últimos Guardiões” foi bem recebido pela crítica, tendo sido selecionado para festivais internacionais e conquistado o Award of Excellence no Impact Docs Awards. Em 2017, o selo firmou parceria de coprodução e distribuição com o portal Hypeness.

Fonte: Wikipedia

Henrique, Lena e André
Mostre Mais

Lena Feil

Gaúcha de nascimento e cidadã do mundo por opção, é formada em Desenho Industrial e Psicologia, é feminista e pensadora em período integral. Usa o cérebro para entender o cérebro. Estudiosa do comportamento e da criatividade, entusiasta da vida, viciada em novidades, em filosofia, no ser humano e em coisa mundanas também. É absolutamente fascinada por crianças, adora café, ama viajar, é geralmente divertida, e – às vezes – esnobe. Hoje, atua com Coolhunter da Escola Nômade para Mentes Criativas, sempre em busca do que existe de mais subversivo, inteligente e relevante em todas as partes do mundo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × um =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Fechar

Bloqueador de Anúncios Detectado

Considere dar uma força pra gente desabilitando seu bloqueador de anúncios