CuradoriaFloripa

Florianópolis é classificada como Cidade UNESCO da Gastronomia

Fonte: Diário Catarinense

Acesse a página original

A Capital de Santa Catarina é a primeira cidade brasileira a participar da Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco – categoria Gastronomia. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, no site da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura. A Diretora General da UNESCO, Irina Bokova, anunciou a inclusão de 28 novas cidades de 19 países na Rede.

— Foi uma vitória da perseverança e da dedicação a um sonho coletivo. Parabéns a toda a equipe da FloripAmanhã, que durante cinco anos manteve esse projeto e acreditou nele. Florianópolis merece e deve continuar fazendo por merecê-lo. O maior trabalho começa agora — analisa o diretor da FloripAmanhã e consultor do Projeto Florianópolis Cidade Unesco da Gastronomia, Eduardo Barroso.

— É uma grande honra e também uma responsabilidade para a cidade receber esta certificação que deve impulsionar a qualificação do setor — afirma a vice-presidente da FloripAmanhã, Anita Pires, uma das idealizadoras da candidatura de Florianópolis, uma iniciativa da FloripAmanhã em conjunto com a prefeitura municipal de Florianópolis, organizações da sociedade civil e academia ligadas ao setor.

Cidades da Gastronomia

Além de Florianópolis, a Rede Mundial de Cidades Criativas – Gastronomia passa a contar com mais duas cidades: Shunde – China e Tsuruoka – Japão. Já faziam parte cinco cidades, que apoiaram a candidatura da capital catarinense: Popayán (Colômbia), Zahlé (Libano), ChengDu (China), Jeonju (Coréia do Sul) e Östersund (Suécia).

Desde 2010, a Associação FloripAmanhã trabalha neste projeto em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo, Abrasel-SC, Sebrae Grande Florianópolis, SHRBS (Sindicato de Hotéis Restaurantes Bares e Similares de Florianópolis) e Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina). Na última oficina do Projeto (18/11), participaram também representantes da SOL (Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte), IFSC, UFSC, ASSESC/Estácio e Floripa Convention.

O título Cidade Unesco da Gastronomia vai gerar visibilidade internacional e incrementar o setor turístico-gastronômico local, contribuindo para odesenvolvimento socioeconômico e cultural da região.

Observatório Inédito

Nesta segunda-feira, das 9h às 18h no Hotel Baía Norte, no Centro da Capital, será realizada oficina para definição do mapa de informações estratégicas do setor de gastronomia em Florianópolis. Este é o primeiro passo operacional para a construção do que deve ser o primeiro Observatório da Gastronomia no país, uma das ações previstas no projeto Florianópolis Cidade UNESCO da Gastronomia.

O Observatório da Gastronomia é um dos requisitos da Unesco para as Cidades da Gastronomia, assim como a realização de um Festival Internacional com chefes das outras cidades da rede, a existência de legislação para estímulo a empreendimentos no setor e integração da gastronomia com artesanato, design e cultura locais.

Novas Cidades da Rede Mundial de Cidades Criativas da UNESCO

Bilbao (Espanha) – Design
Busan (Coréia) – Film
Curitiba (Brasil) – Design
Dakar (Senegal) – Media Arts
Dundee (Reino Unido) – Design
Dunedin (Nova Zelândia) – Literature
Florianópolis (Brasil) – Gastronomy
Galway (Irlanda) – Film
Granada (Espanha) – Literature
Gwangju (Coréia) – Media Arts
Hamamatsu (Japão) – Music
Hanover (Alemanha) – Music
Heidelberg (Alemanha) – Literature
Helsinki (Finlândia – Design
Jacmel (Haiti) – Crafts & Folk Arts
Jingdezhen (China) – Crafts & Folk Arts
Linz (Áustria) – Media Arts
Mannheim (Alemanha) – Music
Nassau (Bahamas) – Crafts & Folk Arts
Pekalongan (Indonésia) – Crafts & Folk Arts
Prague (República Tcheca) – Literature
Shunde (China) – Gastronomy
Sofia (Bulgaria) – Film
Suzhou (China) – Crafts & Folk Arts
Tel Aviv-Yafo (Israel) – Media Arts
Tsuruoka (Japão) – Gastronomy
Turin (Itália) – Design
York (Reino Unido) – Media Arts

Com o anúncio das novas cidades, Florianópolis integra um seleto grupo de 69 cidades da Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco, que reconhecem e apoiam a criatividade como estratégia impulsionadora do desenvolvimento sustentável, por meio de parcerias mundiais.

 

Fonte
Site da UnescoDiário Catarinense (Página original)
Mostre Mais

Lena Feil

Gaúcha de nascimento e cidadã do mundo por opção, é formada em Desenho Industrial e Psicologia, é feminista e pensadora em período integral. Usa o cérebro para entender o cérebro. Estudiosa do comportamento e da criatividade, entusiasta da vida, viciada em novidades, em filosofia, no ser humano e em coisa mundanas também. É absolutamente fascinada por crianças, adora café, ama viajar, é geralmente divertida, e – às vezes – esnobe. Hoje, atua com Coolhunter da Escola Nômade para Mentes Criativas, sempre em busca do que existe de mais subversivo, inteligente e relevante em todas as partes do mundo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − um =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Veja Também

Fechar
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Fechar

Bloqueador de Anúncios Detectado

Considere dar uma força pra gente desabilitando seu bloqueador de anúncios